Inovação Digital Ágil: transformação, tecnologia e rapidez

A era digital chegou para todos, no âmbito pessoal ou empresarial já não há como correr para outra realidade. É fato: quem não se transformar vai ficar para trás.

É dito que a Era Digital surgiu na Terceira Revolução Industrial, caracterizada como a revolução da informação, que surgiu logo após a Segunda Guerra Mundial, por volta da segunda metade do século XX.

Nessa época, por conta da grande quantidade de pesquisas operacionais e bélicas que a guerra demandava, foram criados inúmeros protótipos de tecnologias que hoje são comuns. Assim, o casamento entre conhecimento científico e produção industrial fez com que inúmeros avanços ocorressem.

Com tamanha evolução, muitas pessoas se depararam com o dilema: O digital chegou para substituir os processos que conhecemos ou apenas para complementar?

Bom, desde que a humanidade existe, as coisas, processos e até o próprio homem se aprimoraram. A evolução existe para aperfeiçoar e implementar melhorias significativas. Da mesma forma que a indústria não substituiu a agricultura por completo, apenas modificou, agilizando e refinando seus processos, o digital não irá substituir a indústria. O digital chegou para facilitar todos os setores

A transformação digital é a renovação de ideias, ações e pensamentos.Vivemos em um momento em que as informações são compartilhadas a todo momento, já imaginou como seria a vida  sem o auxílio da tecnologia? É ela que nos permite armazenar e memorizar dados, nos aproxima do conhecimento e da informação em tempo real.

A tecnologia modifica o meio.

Muito se falava em “Revolução Digital”, “Revolução da Informação” e “Revolução das Comunicações”, mas já chegamos a um ponto muito superior a isso: seja bem vindo à Era Digital.

As formas de trabalho se adaptam e se transformam de acordo com as mudanças das condições econômicas, sociais e culturais. A organização do trabalho que conhecemos hoje não é a mesma que a de 5 anos atrás e nem será a mesma daqui a 1 ano. Isso se deve a troca de informações, ao surgimento de novas tecnologias e, principalmente, do contexto vivenciado.

Os processos digitais nas empresas e na vida pessoal trazem aspectos e características às vezes antagônicos, mas na maioria delas, complementares. Tomemos como exemplo a produção industrial nos seus primórdios: o trabalho todo era feito por operários, não havia auxílio maquinário e muito menos digital. Hoje, a realidade é diferente mas não chega a ser antagônica.

A complementaridade do maquinário moderno ao serviço humano fez com que os processos se tornassem muito mais ágeis e eficientes do que antes, com menor chance de erros, perdas e prejuízos altos. Além disso, o controle de produção aumentou e ficou muito mais assertivo.

Com todas as mudanças de organização do trabalho, maquinário e chegada da indústria, muitas mudanças no cotidiano foram perceptíveis, provando que a tecnologia é fator de alterações socioeconômicas também.

Muitos operários, funcionários e colaboradores perderam seus cargos e sua funcionalidade, mas ao mesmo tempo em que a extinção de alguns cargos é iminente, novas oportunidades de negócios e profissões surgem no mercado.

A Era Digital surge como uma espécie de catalisador, acelerando mudanças, pressionando o mercado tradicional e selecionando quem está preparado para habitar um mundo cada vez mais digital.

Quando falamos em tecnologia em um meio que ainda está sendo explorado, precisamos pensar em uma palavra importante que define grande parte dos processos e obstáculos enfrentados: inconstânciaÉ preciso estar preparado para mudar. Sempre.

Os tempos mudaram e as relações entre as pessoas também. No ambiente empresarial isso não é diferente. Hoje, com a facilidade de trocas de informações e a proporção e rapidez com que as coisas mudam, é preciso estar preparado para mudar de acordo com as incertezas do mercado.

Como primeira facilitadora importante, está a comunicação, que é responsável pela fluidez e bom andamento das relações entre colaboradores e clientes. É preciso sempre manter a transparência para que haja agilidade e rapidez nos comandos e interações. Para isso podemos contar com a facilidade e acessibilidade das inúmeras ferramentas que servem para melhorar a comunicação. Outro passo importante é alinhar o que acontece internamente e externamente. As pessoas precisam entender a conexão existente entre os dois meios.

Em segundo lugar entra a priorização de investimentos em setores e ferramentas corretas. Uma pesquisa recente da Fundação Getúlio Vargas, mostrou que 7,6% do faturamento líquido das empresas e grandes companhias foi investido no setor de TI, o que é ótimo, visto que a maioria das empresas tradicionais não julgavam esse setor como o mais importante. Mas isso basta? Não!

Mais do que investimentos em setores específicos, é preciso de planejamento e instrução, ainda mais se tratando de um mercado inseguro e que ainda está se solidificando.

É preciso sair da teoria e mergulhar na prática.

Adotar métodos ágeis de produção é um bom começo. Você com certeza já ouviu falar de um método chamado Scrum, certo? Se ainda não conhece, dê uma lida nesse post e saiba como ele pode ajudar muito o rendimento dos seus processos.

Com tantos termos, palavras e conceitos diferentes, muitas pessoas se perdem no meio de uma transformação digital. É preciso entender: mudanças não ocorrem do dia para a noite. A transformação digital é uma mudança estrutural.

Para inovar digitalmente é preciso mudar primeiro o mindset, pensar no cliente e transformar setores. 

A criação de um site, o desenvolvimento de um app e a inclusão da empresa nas mídias sociais não basta. É claro que ajuda, mas não é o suficiente. É necessário mudar a estrutura organizacional do negócio, deixar de lado a cultura engessada do mercado tradicional e estar atento às novas tecnologias. Para que isso tudo aconteça é preciso estabelecer uma horizontalidade maior nas relações internas, empoderar setores e pessoas e desburocratizar processos.

Experimente métodos, teste novas formas de pensar e adapte-se. O mundo já é digital. Sua empresa é?

Total
2
Shares

Inovação na sua caixa de entrada

Receba conteúdo relevante. Grátis e sem spam.