WWDC 2019: iOS 13, Mac Pro e outras novidades

Nesta primeira semana de junho, aconteceu em San Jose (Califórnia – EUA) a Worldwide Developers Conference, evento anual da Apple.

Na segunda-feira (03), durante a abertura do evento, o CEO Tim Cook e outros profissionais da Maçã aproveitaram para anunciar em sua tradicional keynote os lançamentos da empresa. Entre elas estão o iOS 13, o novo Mac Pro, novas funções do Apple Watch, o SwiftUI, entre outras novidades.

Nós marcamos presença por lá e agora é hora de contar tudo por aqui!

O que é a Worldwide Developers Conference?

WWDC é um dos eventos de tecnologia e inovação mais esperados. A conferência geralmente acontece no segundo trimestre de cada ano e é destinada especialmente aos desenvolvedores.

Na abertura da conferência, os participantes assistem à keynote da Apple. Nela, são anunciados os resultados da empresa desde a apresentação anterior e as novidades para o próximo ano.

O que aconteceu na keynote de 2019?

Para muitos, este é o principal momento de toda a conferência. A keynote é transmitida ao vivo na internet e é assistida por amantes de tecnologia do mundo todo. Afinal, é nesta apresentação que a Apple anuncia seus novos produtos e serviços.

Entre os anúncios deste ano, estão o lançamento do novo Mac Pro, de novas features do Apple Watch, do iOS 13, do Swift UI, o destino do iTunes… E é justamente sobre eles que vamos falar a seguir.

Features do Apple Watch

No início do ano, quando fomos conferir o SXSW no Texas, compartilhamos aqui algumas tendências que observamos por lá. Uma delas falava justamente sobre a alta dos wearables, também conhecidos como tecnologias vestíveis.

Seguindo e criando tendências, a Apple anunciou em sua keynote as novas features do Apple Watch, seu relógio altamente tecnológico. Algumas delas têm muito a ver com o que já tínhamos antecipado em março, principalmente as que falam sobre a independência dos vestíveis.

Dá só uma olhada:

  • O relógio terá sua própria App Store, permitindo que os usuários baixem seus aplicativos diretamente neste dispositivo.
  • A proposta principal é deixar o Watch cada vez mais independente. Ou seja, você não precisará mais estar com o iPhone em mãos para fazer configurações em seu relógio.
  • Entre os novos apps anunciados, temos alguns voltados para a área educacional. Com eles, é possível gravar áudios, ouvir audiobooks e fazer contas com a nova calculadora do relógio, que era cobrada há tempos pelos usuários.
  • Lançamento de um aplicativo Apple para o monitoramento de ciclos menstruais e de novas funções para a prática de atividades físicas. Tudo será incorporado ao aplicativo Saúde nos outros dispositivos.
  • Lançamentos de novas pulseiras e faces para o dispositivo.
  • Streaming de áudio em movimento.

Mac Pro

Talvez o maior anúncio da segunda-feira – e com certeza o que rendeu mais memes online – foi o do novo Mac Pro. O computador foi repaginado e é destinado para profissionais que precisam de uma experiência máxima em seu trabalho.

De acordo com o que foi anunciado pela Apple, flexibilidade e modularidade são pontos importantes deste modelo. Os usuários poderão montar suas máquinas com até 28 núcleos Intel Xeon, 8 slots PCI internos 1,5 TB de memória RAM.

Para acompanhar, a Apple também lançou um novo monitor, o Pro Display XDR, com 32 polegadas, tecnologia de retina e resolução 4K.

O preço, é claro, acompanha o tamanho da novidade. O modelo mais básico do computador sai por US$ 6 mil, enquanto o monitor custa US$ 5 mil e sua base, não incluída, US$ 999.

iOS 13

As especulações acerca do novo sistema do iPhone eram muitas. E confirmando as suspeitas, o iOS 13 foi anunciado com seu dark mode (modo escuro) e outras novidades, como:

  • Otimização dos LembretesNotas, Mail Safari, que no iOS 13 estão mais organizados, funcionais e integrados entre si e com outros apps.
  • Maps, que sempre teve uma fama negativa, também ganhou melhorias, como o Look Around – o Street View da Apple.
  • O iOS 13 acaba com a necessidade de perguntar “quem é?” no iMessage quando alguém que não está salvo como contato te manda mensagem. O app passará a informar o nome e até mesmo a foto de perfil do remetente para o destinatário da mensagem. Claro, isso dependerá das configurações de cada usuário.
  • Maiores possibilidades de personalização dos memojis, com novos visuais e acessórios para complementar as carinhas.
  • A privacidade foi protagonista durante a apresentação. O iOS 13 dará aos clientes Apple mais controle sobre seus dados pessoais. Será possível ter mais informações sobre quais e como os apps estão acessando seus dados e configurar como algumas informações estão sendo abordadas e utilizadas por terceiros.

Login com Apple

As possibilidades de “fazer login com Google” ou “fazer login com Facebook” em sites e aplicativos fazem parte do nosso cotidiano. Mas, pelo que foi anunciado ao falar sobre o iOS 13, os clientes da Maçã poderão acessar estas plataformas com o programa Login com Apple (Sign In With Apple).

Esta solução permite ao usuário utilizar sua Apple ID para entrar no produto ou serviço online que deseja. Ao optar por esse tipo de acesso, o dispositivo usará o Face ou Touch ID para autenticação.

Além disso, o usuário poderá escolher quais dados quer compartilhar ao fazer login. E, caso seja necessário informar seu endereço de e-mail para o site ou app, a Apple te dá a opção de criar um endereço anônimo, que pode encaminhar as mensagens para sua conta principal e não envia seus dados pessoais para plataforma que você está acessando.

iPadOS

O iPad também foi personagem importante da keynote! O dispositivo passa a contar com seu próprio sistema operacional, o iPadOS.

Ele é baseado no sistema do iPhone, mas dá aos desenvolvedores mais opções e enaltece as especificidades do tablet da Apple. Ah, e claro: o iPadOS chega com todas as novidades do iOS 13.

Entre as outras novidades do iPad, temos um aplicativo de arquivos mais potente e com finalidades similares ao macOS e, finalmente, a possibilidade de conectar pendrives, HDs externos e câmeras no dispositivo.

iTunes

Dias antes do início da Worldwide Developers Conference, muitas pessoas já apostavam no fim do iTunes. O reprodutor de áudio foi criado em 2001 e nos últimos anos acumulou diversas funções. Porém, chegou a hora do aplicativo ser descontinuado, confirmando as especulações.

A partir do novo macOS, o Catalina, o app de mídia será substituído por 3 diferentes plataformas: o Apple TV, o Music e o Podcast.

Especialmente para os desenvolvedores

Como a WWDC é uma conferência para desenvolvedores, não poderia faltar anúncios especiais para eles na abertura do evento, não é mesmo?

Na keynote, foram divulgadas:

  • ARKit 3: uma nova versão da framework de realidade aumentada da Apple que suporta captura de movimento e oclusão de pessoas.
  • SwiftUI: uma nova framework para construção de interfaces para apps Swift. Ela vai sustentar features como rotação de tela e o novo modo escuro.

Ufa! Muitas novidades, não é mesmo? E esses foram apenas os principais pontos do que aconteceu na abertura do WWDC.

No nosso Instagram, falamos mais sobre a conferência nos stories. Quer saber mais? É só checar nossos destaques!

Inovação na sua caixa de entrada

Receba conteúdo relevante. Grátis e sem spam.