Black Girls CODE: uma ONG que ensina robótica e programação para jovens negras

O número de mulheres na programação já é baixo, agora imagine o número de mulheres negras nessa área.

Pensando nisso a Black Girls CODE foi criada. Através de workshops e programas extra-classe a BGC ensina programação para jovens negras de 7 a 17 anos com o intuito de fazer crescer cada vez mais o número de mulheres negras na área de desenvolvimento e tecnologia.

“O objetivo final da Black Girls CODE é proporcionar às jovens afro-americanas as habilidades para ocupar algumas das 1,4 milhão de vagas de informática que estarão disponíveis nos EUA até 2020 e treinar 1 milhão de meninas até 2040”.

Como a BGC é uma organização sem fins lucrativos, todos os workshops, aulas e oficinas são ministrados por voluntários que se disponibilizam a ajudar o projeto.

Os participantes e colaboradores enxergam o projeto como uma oportunidade de transformar o papel das mulheres negras no mercado de trabalho.

“Essas meninas serão mais do que desenvolvedoras, elas serão líderes no mercado” diz Kimberly Bryant, fundadora da Black Girls CODE.

No site do projeto é possível se cadastrar para a equipe de voluntários, realizar doações e assinar a lista de mailing para ficar por dentro do que está sendo desenvolvido.

Iniciativas como a BGC transformam o universo do desenvolvimento e abrem portas para que cada vez mais mulheres participem do mercado tecnológico.

Projetos assim nos inspiram cada vez mais, né? Conhece algum parecido aqui no Brasil? Conte nos comentários! 😉

Inovação na sua caixa de entrada

Receba conteúdo relevante. Grátis e sem spam.